Embaixada Ianque revelou que EUA já adjurou ao governo sul-africano para que este não extradite Chang para Moçambique



Os Estados Unidos da América pediram ao Governo sul-africano para que Manuel Chang não seja extraditado para Moçambique, enquanto os EUA procuram recurso ou revisão da decisão de Pretória segundo avança o jornal O pais.

O porta-voz da embaixada dos Estados Unidos na África do Sul, Robert Mearkle disse: “Pedimos formalmente ao governo da África do Sul, por via diplomática, que não extradite ou remova Chang para Moçambique, enquanto os Estados Unidos buscam a reconsideração da decisão do Ministro da Justiça em 21 de maio através de mecanismos legais relevantes.

Publicar um comentário