Veja o que Helena Taipo escreveu para Nyusi

Loading...



Dois dias antes de ser oficialmente exonerada do cargo de embaixadora, no dia  25 de Março Helena Taipo enviou um ofício ao Presidente da Republica.

Como pode ver, no documento a baixo, Taipo roga a Nyusi que faça "o melhor da sua sabedoria para garantir o funcionamento correcto dos órgãos de administração da justiça no processo 95/GCCC/17-IP que corre nos trâmites contra Maria Helena Taipo.



Segundo Taipo estão em curso a violações dos direitos, liberdades e garantias individuais consagrados na Constituição da República. Essas violações estão sendo protagonizadas pelas instituições de administração da justiça, sobretudo o GCCC e o Tribunal Judicial da Cidade de Maputo (TJCM). 


Para a ex-ministra, o desrespeito aos seus direitos colocava em causa o Estado de Direito Democrático. 


Na missiva dirigida a Filipe Nyusi, Taipo referia que todos actos que praticou no INSS e que hoje configuram como crimes estavam em conformidade com a política de investimentos dos fundos do INSS, aprovado pelo governo; tinha cabimento orçamental para o INSS efectuar despesas e que havia no propósito conformidade com o princípio de legalidade para além de que todos os projectos arrolados no processo número 94/GCCC/17 – IP tiveram uma fiscalização preventiva do Tribunal Administrativo. 

Taipo disse ainda que o dinheiro também foi canalizado ao partido Frelimo para apoiar a campanha eleitoral das eleições de 2014, que levaram Filipe Nyusi ao poder.



Publicar um comentário