Sombra de Samora Jr. continua a envenenar e leva a detenções



O registo de uma nova organização político/partidária (PODEMOS) está embaraçar e a enervar os políticos do partido no poder em missão no Ministério da Justiça, Assuntos Constitucionais e Religiosos está directamente relacionada ao facto de se pensar que existem teias que ligam a organização política na forja ao jovem rebelde e “não” devidamente “alinhado” Samora Machel Júnior segundo o mediaFAX.



Alguns jovens da Associação Juvenil para o Desenvolvimento de Moçambique ja pretendem criar uma organizacao politica propriamente dita, mas, segundo o Savana, diante duma possível ligação a Samora Machel Júnior, o Ministério da Justiça parece ter recebida orientação para atrasar o máximo possível a concretização legal da nova formação política.



De acordo com Savana, depois de os prasos terem sido ultrapassados, os Javens da AJUDEM tiveram de encontrar formas de pressionar as autoridades competentes e, na quinta-feira da semana passada, acabaram sendo detido pela Polícia da República de Moçambique e levados às celas da 2ª esquadra.




“Estávamos aí no Ministério à espera do atendimento, mas, logo depois chegaram polícias e levaram-nos para a 2ª esquadra. Disseram que estávamos concentrados no Ministério, o que é ilegal. Mas depois de algumas horas libertaram-nos” – contou um dos jovens que esteve no grupo que ficou detido por algumas horas na unidade policial, citado pelo Savana.


“Parece que o que pretendem é atrasar o máximo possível o processo para, mais uma vez, impedirem-nos de concorrer às eleições. Mas na segunda estaremos lá à busca da resposta, apesar de estar claro que já há orientações políticas para barrarem o processo” – apontou.

De acordo com o Savana, sobre a ligação da organização com Samora Júnior, o membro da nova organização diz que a única coisa que sabe é que “não me lembro ter visto o nome dele na lista”, mas “a organização está completamente aberta a receber todos aqueles que se vão identificar com os objectivos do nosso grupo”.

Publicar um comentário