Fontes da Frelimo relatam que no CC Filipe Nyusi deu um "punchline" de matar, a Samito e Graca Machel




Samito está em colisão com o partido após o seu afastamento do processo interno de selecção de candidatos para as eleições pela autarquia de Maputo.

Em carta, Samito exigiu um processo disciplinar contra o presidente do partido, Filipe Nyusi, alegadamente por tê-lo excluído dessa selecção.




Samito é filho de Samora Machel, primeiro presidente de Moçambique. Nyusi é o actual presidente do país.

A posição a ser tomada contra Samora Machel Jr. ainda é incerta, contudo as organizações sociais do partido deixaram muitas críticas ao comportamento e pedem medidas para desencorajar actos similares.



O comité central da Frelimo encerrou sem uma decisão sobre o processo tal disciplinar instaurado contra Samora Machel Jr mas segundo o savana, fontes do partido relatam momentos dramáticos de tensão entre Filipe Nyusi, Graça Machel e Samora Machel Júnior, durante um dos momentos do Comité Central. 

De acordo com o Savana, Graça Machel terá tentado impedir que Samora Machel Jr. se defendesse sobre as acusações de que estaria “a lavar roupa suja” em público, quando vazou a contestação com que ripostou ao processo disciplinar a si aberto. 

“Deixe-o falar, senão vai explodir”, foi o "punchline" que Filipe Nyusi terá dado, permitindo que “Samito” dissesse da sua justiça, de acordo com o Savana. 



Lembre-se que Samito não poupou palavras na carta de resposta ao processo disciplinar, feita em 44 páginas, que acabou parando nos jornais e nas redes sociais. 

Segundo o Savana, numa intervenção breve no CC, o filho de Samora Machel disse não ser o responsável do “vazamento” dos documentos que produziu para a comunicação social, afirmando que nunca exerceu política partidária fora dos órgãos da Frelimo.

“Camarada Presidente, nunca discuti nada fora dos órgãos, tudo é produto da comunicação social. Estou aqui para ser aconselhado pelos tios”, terá dito Samito, Citado por Savana. Habitualmente, Samora Machel Jr. trata por tios os antigos camaradas de armas dos seus pais

Publicar um comentário