Última hora: Situação cada vez pior. Há mais 7 pessoas arguidas no caso "Helena Taipo:



Além de Helena Taipo, o processo tem mais sete arguidos
O governo moçambicano está numa luta implacável contra a corrupção no pais por causa dos recentes escândalos feitos por alguns indivíduos da elite moçambicana

Uma das pessoas que acabou caindo nas malhas do governo é a ex-embaixadora moçambicana em Angola, Helena Taipo, que foi detida no passado dia 16 em Maputo. O MOPLATINA já havia avançado informações de que, até ao momento foram confiscados cerca de 7 imóveis e 27 carros da ex-ministra/embaixadora.
Todavia, mais surpresas estão sendo reveladas no caso de Helena Taipo , porque segundo o jornal "O pais", além da ex-embaixadora , o processo tem mais cerca de sete arguidos, sendo que a antiga ministra é a única que está em prisão preventiva, depois de Lúcio Sumbana ter sido solto mediante pagamento de caução. Ainda relacionado em este processo, o informe indica que foram congeladas sete contas bancárias e apreendidas 27 viaturas e sete imóveis.
Revela também "O pais" que de 2018 a esta parte, o Ministério Público apreendeu um total de 34 viaturas e 22 imóveis, durante a instrução preparatória de cerca 1.700 processos tramitados, e dos mais de um bilião de meticais desviados dos cofres do Estado, foram recuperados apenas 77.4 milhões de meticais, na fase de instrução preparatória.

Publicar um comentário