Foi violada em grupo foi fazer queixa e acabou violada por polícia - Saiba Mais


Uma mulher vítima de uma violação em grupo, no Paquistão, acusou um agente de autoridade de a ter violado quando foi apresentar queixa do crime. De acordo com a publicação Dawn, citada pelo Daily Mail, um sub-comissário da polícia foi detido no âmbito da investigação.

A vítima, residente na cidade de Uch, na parte sul da província de Punjab, dirigiu-se a uma esquadra de polícia para reportar a violação de que foi alvo, por dois homens.

Um agente de autoridade chamou-a para detalhar a sua queixa a 12 de fevereiro passado. A mulher explica que o polícia a levou para uma casa, sob o pretexto de que a iria entrevistar, e violou-a, num ataque que diz ter sido filmado.
Recorde-se que a polícia paquistanesa está sob escrutínio depois de vir a público que muitos suspeitos de crimes acabam mortos. Em janeiro foram detidos vários agentes.

As violações também continuam a ser um problema, devido aos ataques por vingança, designados ‘wani’, que são ainda praticados em algumas zonas rurais do Paquistão, embora sejam proibidos por lei.
Loading...

Publicar um comentário